quinta-feira, abril 15, 2010

A minha Lua pertence ao seu Sol;
As suas Estrelas iluminam o meu Céu.
A sua estrada guia os meus caminhos.
E todos os trilhos me levam até você!

E é bem lá no limite da metade do caminho é que
Vou permanecer esperando por ti.



By Mi§§ - Janeiro 2009

9 Delirando:

Francisco disse...

O bom de tudo isso, é que quando o amor é verdadeiro, não saimos nunca dos trilhos.
Do início, ao fim...
Beijos!

Desabafando disse...

Que esses caminhos levem ao amor.

Everson Russo disse...

Simplesmente lindo,,,isso dá musica facil facil....delicoso poema de amor,,,beijos de otimo final de semana.

Jortas disse...

Gostaria de ser o teu caminho, ou o motivo da tua espera.
Mas como não o sou, libertarei uma estrela, e alisarei a relva por ondes as palavras te trouxeram.

Lindo esse seu poema.

wcastanheira disse...

A minha lua pertence ao seu sol...taí, gostei, lí e relí para meu coração entender e...adorou, pra vc minha linda bjos, bjos e bjosssss

Lady disse...

Lindas palavras flor!
Obrigada pelo carinho em meu jardim.
Desejo que seu fim de semana seja especial como você!
Beijo doce

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso de bom sabado pra ti amiga...

Hod disse...

Esta no seu DNA essa veia sensível e a formosura de cada frase expressando seu sentir.

Beijo pra vc. Miss.

Boem final de semana.

Hod.

Daniel Hiver disse...

Muito bom! Gostei disso. Essa coisa de chegar ao limite da metade do caminho. É o lugar mais distante que podemos alcançar quando arguardamos novas possibilidades de reencontro. A outra metade nunca dependa da gente.
Realmente muito bom!!!!