segunda-feira, janeiro 24, 2011



Eu continuo crendo que....

As nuvens são de algodão e doce ainda por cima
Nada paga o valor das emoções e sentimentos
A vida é feita de infinitas possibilidades e chances
É a Lua que me ilumina e o Sol que me aquece
Existem sim amizades verdadeiras
Assim como o papai Noel também
Posso rabiscar meu caminho de um jeito bem colorido
Decepções não nos matam apenas nos ensinam a viver
Feridas cicatrizam mas as marcas nem com cirurgia somem
E a esperança NUNCA morre

Sendo assim..... Eu posso tudo.... Basta Eu querer....
Ah e como Eu quero......

E você o que quer?


By Mi§§ - Dezembro 2010

15 Delirando:

Paulo Francisco disse...

Eu? Bem... eu quero tudo!!!!
Um beijo.
Estava dificil entrar neste blog.

Helcio Maia disse...

Quero o querer, Miss!!

Dave disse...

Eu quero...

Segredo!


=P

Beijo.

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Amiga queridaaa!!!tem um lindo selinho lá no meu para vc.enfeitar o seu blog...eu quero voar no seu blog...hehehehehe!!beijos lindaaa!!!

EU SOU NEGUINHA disse...

Eu quero e muito...hahahaha
Beijos te amo

Conde Vlad disse...

Oi Lindona, como cê tá?

Pô... tenho chegado tarde em casa. Tá foda.

Valeu pela recomendação do Perfume.

Beijos do Conde.

aldrey disse...

Eu quero tudo e muito mais kkkk
bjs querida

diariodumapsi disse...

Ei querida amiga!
Eu também quero tudo, pois tudo posso!
Beijão e obrigada pelo carinho
Gilmara Wolkartt

Francisco Domingues disse...

Olá, Misss!
Entrei para conhecer seu blog e seu perfil e desejar-lhe um óptimo 2011. Gostei! A rebeldia atrai muito mais que a sensaborice...
Queria,também deixar um pensamento talvez tolo, mas interessante para quem gosta de questionar o legado dos nossos antepassados pois afecta o nosso presente:
Acabámos de celebrar o Natal e... sabia que o Natal não existe? Curioso, não é?
Pois: o Natal foi inventado pela Igreja para “cristianizar” as festas pagãs em honra dos deuses solares, Mitra e outros, que se celebravam, por todo o império romano, ao redor do solstício de Inverno, como início do renascimento para uma vida nova, a da Primavera. Teve o seu aparecimento no s. IV, na Igreja Ocidental (25 de Dezembro – calendário Gregoriano) e no s. V na Oriental (7 de Janeiro – calendário Juliano). A narrativa do nascimento de Jesus de Mateus, ampliada por Lucas (nada sendo referido nem em Marcos nem em João), uma e outra são puras invenções sem qualquer credibilidade histórica nem qualquer verosimilhança (No inverno, os pastores não dormem ao relento...) Portanto, o Menino Jesus do catecismo não existiu. Muito menos o Deus Menino! E o mundo inteiro festeja algo de inexistente... Dá que pensar, não dá? (Ver mais no meu blog “Em nome da Ciência” cujo acesso é: http://ohomemperdeuosseusmitos.blogspot.com)
Agora, associando-me ao luto de nossos irmãos brasileiros e fazendo votos para que semelhantes tragédias não voltem a acontecer no país irmão, uma outra ideia: apesar das catástrofes que vão acontecendo pelo mundo, com muita probabilidade provocadas pelas alterações climáticas e ambientais devidas à acção do Homem, o mesmo Homem, através dos seus governos subjugados aos interesses económico-financeiros de alguns (5% da população mundial, isto é, os que detêm 95% da riqueza produzida à face da Terra), não vai pôr-lhe cobro; preferirá assistir a novas catástrofes em que, como de costume, os mais fracos e pobres são os que irão continuar a sofrer. Inutilmente! Há que lutar para mudar estes sistemas e estes modelos não só políticos mas também económico-financeiros. Como? – Ver no meu blog “Ideias-Novas” cujo acesso é: http://ummundolideradopormulheres.blogspot.com
Francisco Domingues

Everson Russo disse...

Bom dia minha linda,,,a gente nunca deve deixar morrer aquele sonho gostoso,,,temos sim que acreditar numa amizade, nas nuvens de algodão, nos nossos sentimentos,,,que podemos jogar petalas de flores pelo caminho pra perfumar nossa passagem,,,imenso beijo de bom dia pra ti.

††Fαℓℓєη Aηgєℓ†† disse...

Eu quero muita coisa, não tudo... mas bastante coisa.

E creio que metade delas eu não iria querer mais, se eu pensasse pelo outro lado.

Lindo seu texto...

E sobre a parte das feridas... bem, essa é a mais pura verdade. Quando alguém te diz algo que te magoa, por exemplo, ela pode pedir perdão e voce perdoar, mas nada vai mudar o fato de que aquelas palavras foram ditas.

Beijão pa voce,

Fallen Angel.

drl-life-essence.blogspot.com

wcastanheira disse...

Uuauaau é uma lindura isto aki, é muiiito bom fazer um passeio na sua casa, lindona sempre, pra vc bjos, bjos e bjossssssssssss

DESASSOSSEGADA disse...

E agora tragam-me o horizonte ...

é o que eu quero, quero tudo o que me é de direito.

Bjos

POESIAS E AVARIAS disse...

Como bom sagitariano eu sempre quero tudo e mais,...
Seguindo-te e levando teu link comigo!

Sentindo e pensando disse...

É muito bom acreditar em amizades verdadeiras....